quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Barrinhas de cereais: posso comer?

por Tainah Esteves
Uma das grandes novidades do mundo moderno é, sem dúvida, a barra de cereal. Ela caiu no gosto de muitas pessoas pelo seu sabor, preço, variedade e, principalmente, praticidade. O fato de poder ser levada facilmente a qualquer lugar e ficar na gaveta ou bolsa durante algum tempo ajudou muito na sua popularidade. Não é à toa que a barrinha foi o alimento escolhido pelas companhias aéreas para substituir as refeições oferecidas em tempos de redução de custos.

Mas será que toda essa popularidade é merecida?

Uma das coisas que temos que manter em mente é o fato de que as barras de cereais não devem ser usadas para substituir refeições, como muitos programas de dietas costumam divulgar. O melhor horário para consumi-las é entre as refeições, no lanche da manhã ou da tarde. As barras são indicadas como forma de variar o lanche, combinadas com frutas, queijos ou iogurtes. Porém, sempre que possível, é melhor optar pelos lanches naturais, pois são mais recomendáveis para a saúde.


Há uma grande variedade de barras no mercado, o que traz uma ampla variedade na composição nutricional desses alimentos. De modo geral elas são produtos energéticos, apropriados para o consumo anterior a atividades físicas. Muitas são ricas em fibras, auxiliando a atingir o consumo diário de fibras. A dica é sempre observar bem o rótulo, tanto a tabela de composição nutricional quanto a lista de ingredientes.


Para alguns nutricionistas, as barras de cereais não deveriam ser tidas como “alimento saudável”, principalmente por possuírem açúcar e gordura em quantidades relevantes. Porém, seu lugar no mercado está baseado em suas vantagens: por possuírem fibras, é preciso mastigar muito, o que sacia boa parte da sensação de fome, e, pelo seu sabor, supre a vontade, freqüente entre mulheres, de comer um doce.


Com apenas uma volta pelo supermercado, podemos perceber a ampla variedade de tipos e sabores: de soja, proteína, chocolate e até algumas destinadas ao público infantil. Uma novidade interessante é a que utiliza como matéria-prima o caju. A barra de cereais de caju utiliza todas as partes da fruta, até a castanha, o suco concentrado e o pedúnculo, que geralmente é desperdiçado. O resultado é um produto que tem seis vezes mais vitamina C que uma laranja e que arranca elogios de todos os adoradores de barras.


Podemos perceber a boa alternativa que o mundo moderno nos proporciona, mas não podemos esquecer os benefícios de uma alimentação mais natural e saudável. Cuidado para não esquecer a saúde na correria do dia-a-dia!


Para quem tem tempo e não abre mão de uma boa barrinha, vai uma dica de receita caseira bem nutritiva.


Barra de Cereal Light
Ingredientes
4 colheres (sopa) de açúcar
1/2 xícara de mel
1 xícara de flocos crocantes
1/2 xícara de aveia em flocos
1/2 xícara de uva passa sem sementes
1 colher (sopa) de margarina light


Preparo
Leve ao fogo uma panela com o açúcar, mel, flocos crocantes, aveia em flocos e uva passa.
Cozinhe, sem parar de mexer, por 10 minutos, ou até obter uma massa homogênea. Retire do fogo, despeje a massa sobre uma superfície lisa, untada com 1 colher (sopa) de margarina light, formando um retângulo grande 1 cm de espessura.
Com uma faca, corte a massa ainda quente em 12 barras de 4 cm X 7 cm.
Guarde em um recipiente hermético.


Rendimento
12 unidades de 30 g

Calorias
95 cal por unidade

Um comentário:

Thais disse...

Olá, meu nome é Thais e sou da Edelman, agência de comunicação da Quaker. Essa barra de cereal deve realmente ficar uma delícia. E outra opção gostosa e saudável para o lanche são os cookies. Dá para fazer em casa e levar para qualquer lugar. Essa receita é bem fácil de fazer:

100 g de manteiga em temperatura ambiente; 1 xícara (chá) de açúcar refinado; 1 ovo; 2 xícaras (chá) de farinha de aveia culinária; 60 amêndoas sem casca, levemente tostadas e picadas grosseiramente; 1 xícara (chá) de uvas-passas pretas

Bata a manteiga com o açúcar e, sem parar de bater, acrescente o ovo. Peneire a farinha sobre esse creme. Desligue a batedeira, acrescente as amêndoas e as passas e refrigere por 30 minutos. Unte e enfarinhe uma assadeira grande e, com a ajuda de uma colher de chá, coloque pequenas porções de massa, deixando um espaço de 5 cm entre elas. Asse em forno, preaquecido, a 180°C por cerca de 20 minutos. Deixe-os esfriar sobre uma grade. Depois de frio, guarde-os em recipientes bem vedados.

Rende 30 unidades, com 97,7 calorias cada